Jaguaruna: Filhote de baleia-franca encalha na areia

Mamífero não sobreviveu. Equipes de pesquisadores fazer necropsia para descobrir causa da morte.

Filhote de baleia-franca encalha em Jaguaruna nesta quinta-feira (30) (Foto: Coordenação do Protocolo de Encalhes e Enredamentos da APA da Baleia Franca/ICMBio/Divulgação)

Um filhote de baleia-franca foi encontrado encalhado na manhã desta quinta-feira (30) na Barra do Torneiro, em Jaguaruna, Sul catarinense, informou o Instituto Australis. O animal não sobreviveu. Pesquisadores fizeram necropsia para tentar descobrir a causa da morte.

O animal era um macho de 5,73 metros de comprimento. Ele foi avistado por um pescador, que avisou a colônia de pesca. Esta, por sua vez, informou ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

A espécie pode ser vista no litoral catarinense entre julho e novembro. As baleias vêm ao estado para procriar. A maior parte dos indivíduos é avistada em setembro. Com a recuperação populacional da espécie, as baleias-francas têm sido vistas com mais frequência.

Como ajudar

O Instituto Australias orienta a população sobre como ajudar caso veja uma baleia-franca em perigo:

  • entrar em contato com as institutições responsáveis. O telefone do Projeto Baleia Franca é (48) 3255-2922
  • caso a baleia esteja presa em uma rede, não tente remover o material, registre o local onde o animal está e tire fotos para que seja identificada a espécie
  • caso a baleia esteja encalhada, não tente devolver o animal para a água, pois pode ser perigoso deviso ao tamanho e peso do mamífero, ajude a isolar a área e fotografe a baleia para que possa ser identificada a espécie
  • animais encalhados podem transmitir doenças. Por isso, é importante evitar respirar o ar expirado por eles e não se aproximar da cauda, pois o animal pode estar arisco e causar ferimentos.

Fonte: G1 SC