Secretário de Assistência Social inicia semana vistoriando construção da sede própria do Cras

Valcemir Villani foi empossado como Secretário de Assistência Social de São Ludgero na última quinta-feira, dia dia 1º de fevereiro.

Obra está sendo construída ao lado da ESF Margem Esquerda, no centro da cidade
Fotos: Bertoldo Kirchner Weber/Assessor de Comunicação Município de São Ludgero

Empossado no dia 1º de fevereiro, última quinta-feira, como Secretário de Assistência Social de São Ludgero, Valcemir Villani, inicia a semana vistoriando os trabalhos de construção da sede própria do Centro de Referência e Assistência Social (Cras), obra executada no município pelo Governo do Estado.

Ele assumiu a pasta com a responsabilidade de gerenciar os trabalhos com a equipe de profissionais não só no Centro de Referência de Assistência Social, mas também no Conselho Tutelar, Clube de Mães, Grupo da Terceira Idade e na área da Habitação. É atribuição do secretário ainda tratar das questões envolvendo auxílios Funeral, Natalidade, Aluguel Social, Alimentação e Transportes.

Villani faz questão de agradecer a confiança depositada pelo prefeito Volnei Weber e o vice Ibaneis Lembeck, parabeniza o ótimo trabalho desenvolvido por Nilva Schlickmann Pickler, bem como a receptividade de toda a equipe. “Meu trabalho será fazer com que a secretaria seja propulsora de oportunidades na área social”. Ele detalha que entre as prioridades está o acompanhamento da construção da sede do Cras, do Programa de Regularização Fundiária Lar Legal e buscar investimentos junto ao Governo do Estado e Governo Federal em relação ao setor Habitacional. “Vou lutar junto com a Administração Municipal por recursos para oportunizar mais investimentos habitacionais. É uma grande reivindicação da comunidade”, pontua.

O prefeito Volnei Weber diz acreditar na capacidade de Villani e lembra que o trabalho a ser desenvolvido é extremamente profissional. “Villani já demonstrou que é capaz em outra oportunidade. No caso do Social, nossa gestão não compactua com assistencialismo. O trabalho lá desenvolvido é profissional por profissionais responsáveis os quais merecem elogios”, ressalta.

A sede do Cras foi uma conquista da atual Administração Municipal. A luta iniciou em 2013 e teve o empenho da secretária Nilva Schlickmann Pickler. Uma obra do Governo do Estado, através do Ministério do Desenvolvimento da Indústria e Comércio Exterior com recurso disponibilizado através do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), via Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), Banco do Brasil. Está sendo executada pela empresa BF Construções Eirelli CPP e o investimento é de R$ 334.373,32. Teve iniciou em novembro de 2017 com prazo final para término em abril de 2018.