Mulher é presa na Argentina por cortar os órgãos genitais de amante

Sergio permanece internado no Hospital de Urgências de Córdoba depois de uma "forte hemorragia".

mulher-e-detida-na-argentina-por-cortar-penis-e-testiculos-de-amante-1
Divulgação/Clarín

Brenda Barattini, de 26 anos, foi detida na província argentina de Córdoba por ter cortado o pênis e os testículos de seu amante, de 40 anos, com uma tesoura de jardineiro para “se proteger de um ataque sexual”, contou nesta segunda-feira seu advogado, Carlos Naji, à Agência Efe.

Brenda está detida desde o fim de semana no complexo penitenciário da cidade de Bouwer sob a acusação de “lesões gravíssimas” após ter cortado as partes íntimas de seu amante na noite do último sábado (25) em seu apartamento.

Divulgação/Clarín

A polícia de Córdoba afirmou que se trata de “um ferimento cortante no pênis e nos testículos”.

Segundo a investigação, a mulher mantinha uma relação oculta com a vítima, de nome Sergio, que permanece internado no Hospital de Urgências de Córdoba depois de uma “forte hemorragia”.

O advogado de Brenda descreveu que o amante de sua cliente era amigo do irmão dela e que ele teria entrado no apartamento com a desculpa de buscar um instrumento musical, “mas isso não foi assim”.

“Ela se defendeu de um ataque sexual”, afirmou Naji para justificar a ação da mulher.

Além disso, as amigas da acusada publicaram nas redes sociais mensagens alusivas à relação que ela mantinha com Sergio.

“Foi estuprada”, disse uma delas.

Outra de suas amigas, Tamara Fondovila, escreveu no Twitter que Brenda “atuou em defesa própria depois de ser estuprada e receber constantes ameaças”.

No momento, Brenda passa por exames psicológicos e psiquiátricos que permitirão esclarecer se ela estava ciente dos crimes que cometeu com suas ações.

Divulgação/Clarín

Por Agencia EFE / G1