Mulher é encontrada morta após pegar carona com ‘conhecido’ no PR

A vítima aguardava por um ônibus quando o homem passou de carro e ofereceu a carona, em Nova Olímpia, no interior do estado.

mulher-e-encontrada-morta-apos-pegar-carona-com-conhecido-no-pr
Gisele tinha 26 anos e esperava por um ônibus quando o homem passou e ofereceu a carona (Foto: Reprodução/Facebook )

Um cobrador de ônibus foi preso na tarde desta terça-feira (6), em Umuarama, no noroeste do Paraná, suspeito de estuprar e matar uma mulher de 26 anos.

Ao G1, o delegado Gabriel dos Santos Menezes disse que Gisele Luzia Aparecida de Lima aguardava por um ônibus em Nova Olímpia, também no noroeste, e o homem passou de carro e ofereceu a carona.

“Era uma pessoa que ela conhecia de vista. Ele ofereceu a carona e ela aceitou. No caminho de casa, ele entrou em uma estrada rural, levou a vítima para um canavial e cometeu o estupro”, contou o delegado. O crime ocorreu por volta das 20h de domingo (3).

Ele disse ainda que o cobrador, além de confessar o crime, relatou em depoimento que como a moça era conhecida, ele ficou com medo que ela o entregasse para a polícia. Foi então que ele assassinou a vítima com uma faca e com o macaco do carro.

“Ele relatou todos os fatos com naturalidade e de uma maneira extremamente fria. Não demonstrou arrependimento em nenhum momento”, argumentou Menezes.

A polícia chegou até o criminoso após análise de câmeras de segurança que mostraram o momento em que a vítima entrou no carro do rapaz. Após ser preso, ele encaminhou a polícia até o local do crime. O corpo foi encontrado por volta das 22h desta terça em um distrito de Cruzeiro do Oeste.

O local onde o cobrador está preso não foi divulgado por questões de segurança, conforme o delegado. Os crimes investigados são estupro e homicídio qualificado.

Por Adriana Justi, G1 PR, Curitiba