Luanzinho se despede do irmão: “Irei conquistar tudo que prometi para você”

"A vida bateu duro demais agora, mas temos que nos levantar"

Luanzinho faz homenagem a Renanzinho (Foto: Reprodução/Instagram)

Muito emocionado, Luanzinho foi amparado por amigos e familiares no velório do irmão Renanzinho, que faleceu na manhã da última quinta-feira (21), aos 20 anos, após complicações decorrentes de um tumor cerebral. Mais tarde, em uma rede social, o jogador do Avaí escreveu um texto de despedida.

Junto com fotos alegres dos dois pequenos, Luanzinho, de 17 anos, falou em promessas e na saudade que o irmão irá deixar.

É meu irmãozinho chegou o dia de vcs nos deixar, so queria dizer q foi uma honra conviver todo esse tempo do seu lado, momentos bons alguns ruins, mais tu sabe como a vida é né, quero dizer q vc foi o melhor irmão do mundo, ontem eu me formei nem consegui fala isso pra vc né, mais eu disse no começo do ano q conseguiria e vc como smp me apoiou quando muitos duvidou de mim, vc merecia todo sucesso do mundo pela sua dedicação, esforço e humildade, vc ganhou coração de todos com esse teu jeito que era de impressionar a muitos, nao é dessa vez q vamos jogar junto né, mais vc é tão especial q Deus te levou pra perto dele, obg por smp me incentivar a jogar bola me levar nos treinos quando era pequeno, e fazer de tudo por mim, o campeonato de play lá outro dia agente termina, mais só não apela blz haha, vou sentir muita sdd de vc, a vida bateu duro de mais agora, Mais temos q nos levantar e seguir em frente, irei conquistar aquilo q prometi pra vc, vc vai estar olhando tudo aí de cima, obg por tudo irmão sdds eterna de vc !!! 👬❤️

Uma publicação compartilhada por Luanzinho (@luan_lmp) em

Renanzinho era apontado como uma grande promessa azurra – ele disputou o Brasileirão de 2015 pelo Avaí. Revelado nas categorias de base, o jovem de 20 anos descobriu o problema em 2015 e estava afastado do futebol. Pelo Leão da Ilha, foram 31 partidas e um gol marcado.

A morte do ex-volante aconteceu um dia após a formatura do irmão mais novo no ensino médio. Na noite de quarta, Luanzinho comemorou o fim dos estudos. Em entrevistas, ele sempre deixou claro a importância de Renanzinho para sua carreira.

Com homenagens, corpo de Renanzinho, ex-volante do Avaí, é enterrado na capital

O corpo de Renan Martins Pereira, o Renanzinho, foi enterrado na manhã desta sexta-feira (22) no Cemitério Jardim da Paz, em Florianópolis. Ex-volante do Avaí, o jovem de 20 anos faleceu na quinta, em decorrência de complicações por causa de um tumor cerebral. Ele estava internado há 15 dias e não resistiu após piora no quadro clínico.

A cerimônia contou com homenagens e a presença de funcionários do Leão, como o presidente Francisco Battistotti e Joceli dos Santos, o gerente de futebol. A bandeira do Avaí foi colocada em cima do caixão.

Jovem foi enterrado na manhã desta sexta-feira (Foto: Janniter De Cordes/CBN Diário)

Por GloboEsporte.com, de Florianópolis