Jovens argentinos salvos em praia por policial de Braço do Norte, escrevem carta de agradecimento

O soldado Gustavo Garcia Xavier estava de folga quando salvou 4 jovens que estavam se afogando.

 

jovens-argentinos-salvos-em-praia-por-policial-de-braco-do-norte-escrevem-carta-de-agradecimento-270120172
Foto: Divulgação/CN

Um ato heroico de um Policial Militar, lotado na Guarnição Especial de Braço do Norte, tem enchido de orgulho a corporação e a sociedade como um todo. O soldado Gustavo Garcia Xavier, de 33 anos, estava de folga aproveitando a praia com a família, quando salvou 4 jovens que estavam se afogando. Natural de Laguna, Xavier atua na Polícia Militar de Braço do Norte há cinco anos.

Apaixonado pelo que faz, o soldado relata que a maior motivação em ser PM, é a sensação de dever cumprido. “Vemos tantas notícias ruins na TV, sendo policial, me deparo com cada situação difícil, pessoas sendo maltratadas, violência doméstica, drogas destruindo famílias. Contribuir para mudar um pouco está triste realidade me motiva muito. Eu sempre gostei de ajudar o próximo e como policial eu posso fazer isso”, relata o soldado.

O Salvamento

O ato heroico aconteceu no dia 15 de janeiro de 2017, em Garopaba. Morador de Laguna, onde fica algumas das mais belas praias da região, apreciada inclusive pelo soldado, naquele dia Xavier resolveu levar a família em uma praia diferente. O que ele não imaginava é que a decisão ajudaria a salvar quatro vidas.

Xavier conta que queria ir para casa mais cedo, porem a esposa pediu para que ficassem um pouco mais. Enquanto o soldado aproveitava o dia de folga com a família, seis jovens inexperientes, e que inclusive já tinham sido avisados pelos guarda-vidas sobre os riscos, ignoraram o aviso de bandeira amarela, e se aventuraram em nadar até um lugar mais fundo. De repente, uma corrente de água os arrastou para dentro do mar. Desesperados os jovens gesticulavam e gritavam por socorro. Ao ver a situação, o soldado não pensou duas vezes e “caiu” na água. “Na hora a gente nem pensa, no intuito de ajudar, queremos chegar o mais rápido possível para não perder de vista a vítima”, relata o soldado.

Xavier nadou até os jovens e conseguiu colocar quatro deles em cima de uma prancha, retirando-os com vida da água. Enquanto isso os guarda-vidas avistaram o tumulto e auxiliaram no resgate. Um deles ajudou o soldado Garcia a carregar a prancha com as quatro vítimas até a areia da praia, e o outro buscou os outros dois jovens. O soldado conta que ele e os socorristas tiveram dificuldades para retirar os jovens, devido ás fortes correntes, que os puxavam para dentro do mar. As pessoas que presenciaram o salvamento aplaudiram o soldado com emoção.

Carta de agradecimento

Após o resgate, as vítimas foram identificadas como de nacionalidade argentina. Um deles disse nunca ter entrado no mar antes do ocorrido. Nenhum precisou de atendimento médico. Agradecidos, os jovens mais tarde escreveram uma carta de agradecimento ao soldado.

Experiência do Soldado ajudou no salvamento

Xavier já trabalhou como bombeiro em 2004 e 205, e afirma que o treinamento ajudou no salvamento. “Se não tiver experiência e o conhecimento sobre o mar, você acaba sendo mais uma vítima” ressalta Xavier. Questionado sobre a conduta e os elogios merecidos, após o ato de bravura, o soldado disse que é muito gratificante a sensação de ser reconhecido pela sociedade e pelos colegas de profissão.

Para finalizar, com tantos casos de afogamento nas praias da região, o soldado deixa faz um alerta. “É muito importante respeitar as sinalizações colocadas pelos guarda-vidas nas praias diariamente” finaliza.

Carta de agradecimento escrita pelos jovens argentinos salvos pelo soldado.