José Ascari é empossado conselheiro do Tribunal de Contas

Indicação havia sido aprovada horas antes pela Assembleia Legislativa. Ascari renunciou nesta quarta ao cargo de deputado estadual.

jose-ascari-e-empossado-conselheiro-do-tribunal-de-contas
José Nei Ascari foi empossado conselheiro do TCE-SC (Foto: Divulgação/TCE-SC)

Indicado pelo governador Raimundo Colombo (PSD), o ex-deputado José Nei Ascari foi empossado nesta quarta-feira (8) conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Horas antes, ele teve a indicação ao cargo no TCE-SC aprovada na Assembleia Legislativa (Alesc) e, por isso, renunciou ao mandato parlamentar.

Entre a indicação feita por Colombo e a posse como conselheiro passaram-se pouco mais de 24 horas. O governador oficializou o nome do então deputado nessa terça-feira (7) à Alesc. No mesmo dia, o ofício do chefe do Executivo foi lido em sessão plenária e montada uma comissão com sete deputados que teriam 10 dias para avaliar a indicação.

Ainda na terça, Ascari pediu desfiliação do PSD, mesmo partido do governador, porque conselheiros não podem exercer atividade político-partidária.

Na tarde desta quarta, Ascari teve a indicação aprovada por 31 votos a favor e uma abstenção. Após o ato, a Alesc havia informado que não havia ainda data marcada para a posse no TCE-SC.

Ascari tem 49 anos e é advogado. Os conselheiros do TCE-SC têm mandato vitalício e recebem, em média, R$ 40 mil mensais, conforme o Portal da Transparência do Tribunal de Contas.

 

Por G1 SC

Curta nossa fanpage