JMJ: jovens de São Ludgero se despedem da Cracóvia

O grupo de jovens de São Ludgero que está na Polônia e participou da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) está em clima de despedida. Na quarta-feira os sete jovens que estiveram na Cracóvia desde o dia 25 retornam para a cidade natal. Na bagagem, o grupo coleciona experiências e o sentimento de maior conexão com Deus.

JMJ-jovens-de-sao-ludgero-se-despedem-da-Cracovia01082016
Créditos: Doddy Becker/DS

A JMJ encerrou ontem. Na sexta-feira, o grupo, que foi acolhido numa casa de família na Polônia, teve a oportunidade de estar bem perto do papa Francisco. “Foi uma sensação indescritível. A experiência que tivemos ficará para sempre em nossa memória”, revela a peregrina Doddy Becker.

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) é um evento promovido pela Igreja Católica e foi instituído pelo papa João Paulo II em 1985. Durante as jornadas, milhares de jovens se reúnem para celebrar e aprender sobre a fé católica e conhecer melhor a doutrina, através de catequeses, shows, missas, vigílias, momentos intensos de oração e a partilha de vivências entre os jovens do mundo inteiro.

Um grupo de jovens do Movimento de Cursilhos de Cristandade de São Ludgero participou de um desafio lançado pelo portal Católicos Online e alcançou o segundo lugar geral entre todos os participantes no país, tendo direito a sete pacotes para a JMJ. “Estar em outro país também foi um marco”, fala a peregrina.

“Estivemos também na JMJ no Rio de Janeiro. Não é possível dizer qual foi a melhor. Cada uma é uma experiência diferente que vamos levar para nossas vidas. Foi uma viagem longa, mas que valeu a pena cada segundo. Fomos acolhidos como família e só temos a agradecer por tudo”, analisa a jovem.

 

Diário do Sul