Investigação da Polícia Civil aponta que estupro em Urussanga foi uma farsa

De acordo com o delegado Marcelo Viana, jovem de 25 anos teria inventado a história.

Polícia Civil

A Polícia Civil de Urussanga investigou um suposto estupro registrado na cidade.

Uma mulher, de 25 anos, afirmou ter sido abordada na área central da cidade durante a tarde de quarta-feira por dois homens em um veículo. Ela teria acordado apenas no final da noite em um matagal.

Após as diligências, o delegado Marcelo Viana constatou que o fato se tratava de uma falsa comunicação de crime. Os motivos que fizeram a jovem a contar a história não podem ser revelados, de acordo com o delegado.

Com informações do DN Sul

Curta nossa fanpage