Gêmeas nascem com a cor da pele diferente e conquistam a internet

Meninas foram geradas em placentas diferentes o que favoreceu essa condição genética.

gemeas-nascem-com-cor-da-pele-diferente-e-conquistam-internet
Foto: Instagram

Fotos de bebês gêmeos sempre fazem sucesso na internet, mas no caso das irmãs Isabella e Gabriela, de sete meses, há um detalhe que as torna ainda mais populares. É que as meninas nasceram com a cor da pele diferente. A peculiaridade tem rendido milhares de fãs na página do Instagram criada por sua mãe, Clementina Shipley.

Mas como podem duas irmãs gêmeas terem nascido com o tom de pele tão distinto? O que aconteceu com as meninas é que elas foram geradas na mesma gravidez, mas com dois óvulos da mãe sendo fecundados por espermatozoides do pai. Elas são chamadas então de gêmeas dizigóticas ou fraternas. Nesses casos, apesar da gestação coincidente, elas podem sim ser diferentes.

Clementina, resolveu criar uma conta no Instagram para mostrar ao mundo a beleza de suas pequenas e também de sua filha mais velha. O perfil tem hoje 13 mil seguidores e uma infinidade de curtidas em cada foto.

Mas apesar de tanta fofura, Clementina contou em entrevista à revista norte-americana Essence, que há gente que faz comentários maldosos, principalmente em relação à Gabriela, que tem a pele mais escura. “De vez em quando rebatemos comentários negativos sobre a cor de Gabriella, pois questionam se ela é amada e se é considerada bonita por causa da sua pele escura”, diz.

Clementina se orgulha da genética que lhe rendeu filhas tão lindas: “Esta ‘mistura’ africana e americana mostra como genes são incríveis”, comenta. Ela conta ainda, que os olhos cinzas das meninas são uma herança e que duas ou três gerações de crianças na família têm essa característica.

Por Sempre Família