Filho esfaqueia e mata mãe e irmã em Tubarão

Segundo os bombeiros, tragédia ocorreu na tarde desta quinta-feira (17), no bairro São Martinho.

filho-esfaqueia-e-mata-mae-e-irma-em-tubarao

Um rapaz de 21 anos, esfaqueou a própria mãe e a irmã na tarde desta quinta-feira (17), no bairro São Martinho, em Tubarão, após supostamente ter um surto psicótico. As duas chegaram a ser socorridas pelas guarnições do Corpo de Bombeiros Militar de Capivari de Baixo e de Tubarão, foram conduzidas ainda com vida ao Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) com apoio do SAMU, mas não resistiram aos ferimentos.

Foto: Corpo de Bombeiros Militar

Segundo o Jornal Notisul, as vítimas são Simone Melo da Silva, de 42 anos, e Maria Eduarda Teixeira, de apenas 12 anos.

De acordo com familiares, recentemente o agressor foi internado em um hospital psiquiátrico em Laguna, e depois que teve alta se recusou a dar continuidade ao tratamento. O que justificaria a causa do surto psicótico.

As informações que a família tem é que os três estavam em casa quando o jovem esfaqueou Simone na região do abdômen e Maria Eduarda no tórax. A menina ainda correu até o salão de beleza onde a mãe trabalhava, para tentar pedir ajuda.

Segundo os bombeiros, a guarnição foi acionada, e no local, encontrou a menina próximo ao salão de beleza, ferida com aproximadamente 5 facadas no tórax. A equipe prontamente realizou os primeiros socorros e a conduziu ao HNSC. Ainda conforme os socorristas, após saírem do local para levar a menor para o hospital, a guarnição foi informada que a mãe da menina também havia sido esfaqueada. Imediatamente, a Central de Operações Bombeiro Militar (COBOM), acionou outra viatura disponível na região para dar apoio, sendo que ao chegar no local os bombeiros se depararam com uma mulher com pulso fraco, já em parada cardiorrespiratória. Os componentes do Asu 420 começaram a fazer o procedimento de RCP (Ressuscitação cardiopulmonar) e, logo após conduziram a mulher ao HNSC.

Conforme a Polícia Militar, depois de cometer o crime, o jovem correu para uma fábrica nas proximidades do local e foi encontrado quase sem roupa, falando coisas sem sentido e todo sujo de sangue. Como ele estava em surto teve que ser sedado e foi encaminhado ao HNSC, onde está sob a custódia da polícia.

A família está no HNSC neste momento para providenciar o funeral.

Foto: Corpo de Bombeiros Militar