Cratera “engole” garagem em Imbituba: Defesa Civil mantem alerta para riscos de alagamentos e deslizamentos

A previsão do tempo aponta para chuva persistente até sexta-feira (12), especialmente entre Florianópolis e Laguna.

cratera-engole-garagem-em-imbituba-defesa-civil-mantem-alerta-para-riscos-de-alagamentos-e-deslizamentos
Propriedades danificadas pelo excesso de chuva em Imbituba (Foto: Defesa Civil/Divulgação)

Chuvas na região

Imbituba

Uma casa teve a garagem e a cozinha alagadas por volta das 15h30 em Imbituba. Além disso, outras duas residências tiveram danos na parte externa. Uma delas teve a garagem e o muro frontal destruídos por uma cratera. A outra teve danos na parte de acesso à casa.

Braço do Norte

Houve deslizamento de terra e queda do muro da Escola de Educação Básica Cônego Nicolau Gesing.

Alerta

Secretaria de Estado da Defesa Civil de Santa Catarina emitiu nesta quarta-feira (10) alerta para possibilidade de alagamentos, inundações e deslizamentos. O risco maior é nas cidades litorâneas e próximas ao litoral.

A previsão do tempo aponta para chuva persistente até sexta-feira (12), especialmente entre Florianópolis e Laguna. Já chove forte desde terça-feira. A principal recomendação de precaução é para que as pessoas evitem contato com a água em locais inundados.

 

Aviso meteorológico

A Epagri/Ciram emitiu aviso meteorológico alertando para chuva persistente entre às 12h desta quarta e 23h de sexta-feira (12) no litoral, principalmente de Florianópolis a Laguna.

“Chuva persistente, em alguns momentos de intensidade moderada, podendo acumular, no período indicado, de 80 a 120mm. Nas últimas 24 horas já choveu em torno de 70mm”, diz o aviso da Epagri.

Recomendações

A Defesa Civil estadual recomenda que os moradores evitem contato com água e dirigir em locais alagados. É recomendável ainda não transitar em pontes submersas e ter cuidado redobrado com crianças próximo a rios e ribeirões.

A Defesa Civil municipal ou os bombeiros devem ser acionados caso seja notado qualquer movimentação de terra ou de rochas, inclinação de poste e rachaduras em muros e paredes. O contato da Defesa civil é pelo 199 e dos bombeiros pelo 193.

Com informações do Sul in Foco