Corpo de jovem transexual desaparecida é encontrado com sinal de ferimento por faca

Informação foi confirmada pelo IML. Júlia Volp, de 20 anos, havia sido vista pela última vez fazendo programa sexual na quarta-feira (29).

corpo-de-jovem-transexual-desaparecida-e-encontrado-com-sinal-de-ferimento-por-faca
Júlia estava desaparecida desde a última quarta-feira (29) em Florianópolis (Foto: Bruno/Arquivo Pessoal)

O corpo da transexual Júlia Volp, de 20 anos, que estava desaparecida, foi encontrado na tarde desta segunda-feira (4) em Florianópolis. A identidade dela foi confirmada pelo Instituto Médico Legal (IML), que faz o exame cadavérico. O corpo foi encontrado no bairro Ingleses, no Norte da Ilha, local onde ela foi vista pela última vez, na quarta-feira (29).

Júlia, natural de Morro da Fumaça, no Sul do estado, é transexual desde os 12 anos, conforme a Polícia Civil. Ela tem o nome de identidade de Jean Bruch e estava sem nenhum documento no momento do desaparecimento.

De acordo com o delegado Wanderley Redondo, da Delegacia de Polícia de Pessoas Desaparecidas, o corpo foi encontrado por volta das 13h, próximo do ponto onde ela ficava para fazer programas sexuais.

O caso agora está com a Delegacia de Homicídios da Capital. O delegado Ênio de Matos afirmou que o corpo tem sinal de ferimento por faca.

Fonte: G1 SC