Cachorro toma até ônibus sozinho para ir atrás do dono

Ele pega o ônibus certo, desce na parada certa e se o motorista não parar para ele descer ele fica latindo para ele abrir a porta.

O cão é o melhor amigo do homem. Pelo menos é o que todo mundo diz. E o Pablo confirma essa história.

Pablo é o cachorro. O dono é o Erick. Quando se conheceram, em Fernando de Noronha, não dava para apostar que ia dar em amizade

“Ele me estranhou. Depois de dois, três dias ele se tornou meu melhor amigo. Até hoje não larga mais do meu pé”, conta o vendedor ambulante Erick Galego.

Mas o que fez o Pablo mudar de ideia? “Ele gosta de carinho”, diz Erick. A amizade superou qualquer expectativa. “Eu ia trabalhar e levava ele. Aí proibiram entrada de cachorro na praia e eu deixava ele em casa, amarrado. E aí meus vizinhos acho que se incomodavam com ele chorando, tinham pena, soltavam ele. E quando eu menos esperava ele chegava onde eu trabalhava”, lembra.

Só que o Pablo não vai a pé. Vai de ônibus.

“Ele pega o ônibus certo, desce na parada certa e se o motorista não parar para ele descer ele fica latindo para ele abrir a porta”, diz Erick.

O ônibus passa de meia em meia hora. E o Pablo já é conhecido por todo mundo na ilha.

O motorista de ônibus Jaime Andrade já conhece o Pablo. “Sempre que a gente para ali nos Três Paus ele já entra automaticamente pela porta traseira”, diz.

Ninguém reclama da presença dele. Nem ele incomoda ninguém. No ponto da Vila dos Remédios, ele desce e dispara até encontrar o dono. Essa amizade é mesmo para valer.

 

Fonte: Globo Repórter